voltar

Decoração afetiva: o que é e como usar.

2 | 04 | 2022

Notícias Mampei Funada

Ter uma casa cheia de antigos adereços que despertam amor e carinho é muito bom e nos reconecta com a nossa essência e história. Foi daí que surgiu o conceito de decoração afetiva que reúne elementos que remetem lembranças e sentimentos da família. Cada cômodo pode ser pensado de um jeito diferente, mas em comum, todos os ambientes devem representar essa afetividade, seja com aquela mesinha que herdou da avó, a poltrona do seu pai ou a porcelana que ganhou da sua melhor amiga. Faz sentido para você?

Então continue lendo a nossa matéria e saiba mais.

Decoração afetiva: um punhado de lembranças mesclado ao restante da decoração.

Quando pensamos em decoração afetiva, todos os elementos que aquecem o coração podem ser utilizados. Pense nos móveis de família, nas fotografias da infância, nos objetos que comprou em viagem ou ganhou de amigos. Todos esses itens podem ser integrados à decoração dos ambientes, formando um conjunto harmonioso e repleto de memórias felizes.

O valor das peças é sentimental.

O importante na decoração afetiva é escolher os elementos que fazem parte da sua história e, ao tê-los em seu dia a dia, irão proporcionar alegria e acolhimento. Não se preocupe com o valor das peças, estamos falando aqui de elementos simbólicos que dinheiro algum pode comprar. A xícara de porcelana que serviu a sua tia por tantos anos pode ser utilizada como enfeite do buffet da sala de jantar. A colcha que cobria a cama dos seus avós pode ser sobreposta à poltrona do seu quarto, resultando em um xale bonito e inusitado.

Outros elementos que remetem à memória são os antigos relógios de parede, souvenires de viagens ou os brinquedos de quando você era criança. São todos os pequenos detalhes que diferenciam casa de lar, sendo este último carregado de amor, carinho e aconchego.

O segredo é usar a imaginação.

Na decoração afetiva, alguns elementos podem trocar de utilidade, por exemplo, a velha sopeira pode servir de vaso de plantas. Mas, e se o móvel antigo não estiver em boas condições? Neste caso, a dica é fazer uma repaginada. Existem diversas oficinas que fazem consertos e reparos em móveis deixando-os maravilhosos. Se preferir, pode tentar fazer você mesmo, reunindo a família, e se divertindo com lixas, tintas, colas e tecidos. O efeito é ainda mais acolhedor.

Viver cercado de adereços que aguçam a memória pode trazer muito bem-estar. E a decoração afetiva veio para isso, tornar a vida mais prazerosa dentro do lar, com peças repletas de histórias que podem ser contadas às visitas que chegam e se impressionam com a bagagem de lembranças que cada uma carrega dentro de si. A decoração afetiva revela todo o amor que existe em uma família através do tempo. Gostou da matéria?




Leia também

Como serão os imóveis nos próximos anos: as tendências pós-pandemia.

28 | 08 | 2020

Notícias Mampei Funada

Sobem em 19,9% os lançamentos de imóveis no Brasil

28 | 11 | 2018

Notícias Mampei Funada

10 fatores que influenciam na valorização do imóvel

25 | 09 | 2020

Notícias Mampei Funada